Saiba para que serve e como escolher um demaquilante



Oi gente bonita!

No post de hoje vamos falar de demaquilante, sim, porque nos preocupamos com o efeito da make em si mas nunca nos preocupamos na mesma proporção como vamos retirar de forma correta todo aquele reboco de responsa.


demaquilante - belanaselfie





Uma das formas mais eficazes de remover a maquiagem e sujidade da pele é por meio do uso de demaquilante. “O papel do demaquilante é remover a maquiagem e dar maciez à pele, sem entupir os poros da face. 

Para isso o produto deve ter uma formulação suave, o mais natural possível, pois produtos com álcool podem fazer mal. Outro aspecto importante é a atenção que deve ser dada à composição da fórmula que deve ser paraben free (livre de parabenos), ou seja, que não contenha derivados de petróleo”, afirma a dermatologista Dra. Thais Pepe, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

De acordo com a especialista, o papel do demaquilante é fundamental para mulheres que usam maquiagem, uma vez que mesmo que as makes sejam de excelente qualidade, é imprescindível retirá-las antes de dormir, para que a pele possa respirar e para proteger os olhos de possíveis infecções. 

“À noite, a pele passa por um processo natural de regeneração e, caso a maquiagem não seja retirada, o processo é rompido, podendo causar alergias, acne e envelhecimento precoce”, afirma.

Tipos de demaquilante

São várias as texturas dos demaquilantes e devemos nos atentar a alguns cuidados. “Isso faz diferença para o tipo de pele, por exemplo, demaquilante em óleo não é bom para uma pele oleosa ou acneica. E os veículos diferem na capacidade de remoção da maquiagem também.

Já os demaquilantes em forma de loção, gel e espuma retiram os resíduos mais leves da pele, como restos de batom, blush e sombra em pó, porém, para remover produtos de longa duração e a prova d’água, procure usar demaquilantes específicos para cada tipo de maquiagem”, afirma a médica.

No geral, ela explica que: demaquilante em creme é ideal para peles envelhecidas, sensíveis ou secas; a versão líquida se adequa a todos os tipos de pele, até as mais sensíveis, mas nem sempre tira direito maquiagem à prova d’água; 

Demaquilante bifásico é metade óleo, metade água, ideal para tirar o make à prova d’água, mas não é indicado para peles acneicas ou oleosas; 

Demaquilante em leite é ótimo para pele sensível, seca ou ressecada, mas também não é indicado para a pele com acne ou pele oleosa; e em lenço pode variar na composição e ser adequado para cada tipo de pele.

Em todos os casos a limpeza ideal deve ser feita com algodão ou tecido macio úmidos, ou seja, aplicar o demaquilante delicadamente na pele e não esfregar, para não provocar ressecamento nem inchaços. “A região que deve receber maior atenção é a área dos olhos, que deve ser limpa com demaquilante específico, por ser uma área muito delicada. O cuidado deve ser redobrado na hora de limpar o rímel e delineador, mais difíceis de serem removidos. Não adianta fazer força. O ideal é utilizar um produto eficiente para este fim e jamais dormir com rímel ou delineador. Neste caso, eles deixam a pele ao redor dos olhos sem vida, além de danificar os cílios, deixando-os opacos e quebradiços”, finaliza.

Agora identifique o seu tipo de pele e qual demaquilante é mais adequado para você.

Uma ótima semana para você!

0 comentários:

Postar um comentário